São Sebastião Blues

FacebooktwitterpinterestlinkedintumblrmailFacebooktwitterpinterestlinkedintumblrmail
São Sebastião Blues, de Myriam Campello (7Letras, 2012)
São Sebastião Blues, de Myriam Campello (7Letras, 2012)

Laura Morandi é a escritora bem-sucedida que nasceu para os holofotes. Famoso e rico, David coleciona mulheres e prêmios literários. Aurora escreve arrepiantes histórias infantis, Ceno, lê, come, edita. Julia é a autora insegura e reclusa cujo nome, além de intrigar curiosos, lança um flash de luz na memória de Laura.

Eles são a nata da literatura contemporânea nacional e estão envolvidos no maior prêmio literário do Brasil. No Rio de Janeiro ensolarado e azul, onde “mar e sol devoram tudo”, escrevem e reescrevem os seus enredos pessoais – tão universais – e enfrentam o embate diário entre o papel, o peito e o próprio pulso. Esses personagens se cruzam no tabuleiro de acasos e jogadas da vida, até que uma nova peça –  a jovem Leonora – chega para reavivar as faíscas entre dois corações.

Em São Sebastião Blues, Myriam Campello lança um olhar implacavelmente lúcido sobre a fogueira de vaidades do mercado literário e sobre os caminhos e descaminhos do amor. Tece com engenho admirável uma narrativa sedutora, doce e ácida, melancólica e feroz, capturando o leitor da primeira à última linha – consagrando-se como uma das autoras brasileiras mais brilhantes da sua geração.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *